Live Evil

BRUCE KULICK & SEBASTIAN GAVA

Manifesto Bar - São Paulo/SP, 02 de fevereiro de 2013

Não é a toa que o baixista Gene Simmons sempre ostenta e se curva à força que possui o “Exército do KISS” (Kiss Army), mesmo quando se fala de seus ex-integrantes. Basta o anúncio de algum show ou a presença de qualquer um deles em qualquer lugar do mundo para termos certeza de casa lotada. Isto foi exatamente o que aconteceu na noite de sábado, 02 de fevereiro, no Manifesto Bar, com a presença de Bruce Kulick. O ex-guitarrista do Kiss esteve na banda por mais de uma década (1985-1996, apesar de seu último registro “Carnival of Souls” ter sido lançado em 97) e só acabou saindo pelo grande ensejo que os fãs tinham por ver novamente a formação original tocando junta.

A abertura ficou por conta do Rock Soldiers, tributo a Ace Frehley, que toca músicas com os vocais e composição do lendário Space Ace. Se a presença de Kulick já era algo sensacional, o evento foi engrandecido com a presença de outro grande músico e referência mundial quando se fala de bandas/tributos ao Kiss: Sebastian Gava (ex-Kefren e Mafia). O argentino é praticamente uma cópia de Paul Stanley nos áureos tempos, não só fisionomicamente falando, mas em seus trejeitos e, principalmente, sua voz fantástica.

Ambos os músicos foram acompanhados pela banda tributo ao Kiss, Killers, com Osvaldo Montanha na bateria, Helio Pavan na guitarra e Fernando Luiz no baixo, formando um KISS diferente no palco com três guitarras. Apesar de set conter alguns dos principais clássicos do Kiss, como “Detroit Rock City”, “Deuce”, “I Love it Loud”, o repertório foi baseado nos álbuns gravados por Kulick, com várias músicas de “Asylum”, “Crazy Nights”, “Hot in The Shade” e “Revenge”. Claro, todas levaram a galera ao delírio, principalmente com músicas clássicas como “Tears are Falling”, “Who Wants To Be Lonely”, “Hide Your Heart” e um ‘medley’ de “Crazy, Crazy Nights” e “Turn On The Night”.

Antes da execução da balada “Foverer”, Gava e Kulick foram homenageados pelo Brazilian KISS Army com camisetas personalizadas, gerando uma brincadeira de Bruce. Ele disse ser fã da marca apple e, portanto, gostara de seu sobrenome “kulick” escrito em letra minúscula.

A clássica “War Machine” veio na sequência, sem antes Kulick contar um pouco como foi tocá-la durante o “Motorcycle Rock Cruise”, com o navio chacoalhando muito. Ele ainda brincou dizendo que agora que já tinha tocado em um cruzeiro, quem sabe o Kiss convidasse-o para tocar também, referindo-se claramente ao “KISS KRUISE”.

O guitarrista brincou e se divertiu muito com o público, fazendo diversas caretas engraçadas durante o show e interagindo bastante com os fãs. A primeira parte do show se encerrou com “Lick it Up”, que ainda teve seu encore com “God Gave Rock’n’Roll To You II” e a tradicionalíssima “Rock’n’Roll All Nite” fechando a noite. Após o show, Bruce foi de extrema simpatia e paciência para atender a imensa fila de fãs que se formou para autógrafos e fotos por mais de uma hora.

Set list: 1. Detroit Rock City
2. Deuce
3. Heavens on Fire
4. Watching You
5. Domino
6. Tears Are Falling
7. Unholy
8. Who Wants To Be Lonely
9. Hide Your Heart
10. Forever
11. War Machine
12 Crazy, Crazy Night / Turn On The Night
13. I Love it Loud
14. Lick it Up
15. God Gave Rock’n’Roll  To You II
16. Rock’n’Roll All Nite

Recomendamos Para Você

Veja Também

Close
Close