Artigos

UM PERSONAGEM INSPIRADOR

“Eu pensei nele um pouco como um Cristo, como nós conhecemos Cristo. Ele se preocupa com as coisas, com a humanidade, com tudo. Eu tentei fazê-lo o melhor personagem, e também o mais incompreendido” – Stan Lee.

Surfista Prateado (Silver Surfer) é um super-herói originário das histórias em quadrinhos norte-americanas da Marvel Comics. Sua primeira aparição foi como vilão na revista Fantastic Four #48, em 1966. Criado por Stan Lee e Jack Kirby, é hoje um dos heróis mais importantes do Universo Marvel.

Pois bem, tudo tem início com Norrin Radd, um astrônomo que vivia no planeta Zenn-La, localizado no Sistema Deneb, Via Láctea. O cara vivia tranquilo estudando as estrelas quando “Galactus” chegou ao seu sistema solar faminto para devorar seu planeta. Em uma atitude nobre para salvar sua amada Shalla Bal e seu povo, Norrin se ofereceu para servir eternamente a Galactus.

A negociação funcionou, e então o “devorador de mundos” concedeu-lhe uma pequena fração de seus poderes e poupou Zenn-La e todos os seus habitantes. A partir daí o “Surfista Prateado” ficou a vagar pelo universo procurando planetas para “matar a fome” de Galactus.
Esse também foi um “marco” no universo Marvel, onde somente havia “pancada” entre os vilões e heróis, o surfista abriu espaço para suas angústias e citações filosóficas.

Por esse viajante interplanetário ter sido capaz de “sacrificar-se” para salvar seu povo e sua amada, e também por seus conflitos existenciais, ele serviu de inspiração para alguns importantes artistas da música internacional, inclusive do Heavy Metal.

Um dos maiores exemplos, sem dúvida, é o guitarrista Joe Satriani, que produziu alguns trabalhos tendo como base criativa o Surfista Prateado. Dentre eles o importantíssimo Surfing With The Alien de 1987 que tornou Joe Satriani um dos artistas mais respeitados no cenário da música. Além de ter faturado vários discos de platina em diferentes países, esse álbum rendeu sua primeira indicação ao Grammy.

No decorrer da carreira, Joe Satriani também teve outras composições relacionadas com a saga desse “viajante espacial”. Back to Shalla-Bal do álbum Flying In A Blue Dream (1989), e The Power Cosmic 2000 part.I e part.II do questionado Engines of Creation (2000).

A banda inglesa de Symphonic Black Metal Bal-Sagoth, liderada pelo vocalista Byron Roberts , tem uma composição dedicada ao nosso herói chamada The Scourge Of The Fourth Celestial Host do álbum The Power Cosmic. Byron é admirador do desenhista Jack Kirby.

Temos também um representante da “New Wave of British Heavy Metal” o Cloven Hoof. Banda do lendário baixista/compositor Lee Payne, que demonstrou inspiração sobre o personagem com a música Silver Surfer do álbum A Sultan’s Ransom (1989).

O vocalista Bruce Dickinson faz menção ao Surfista Prateado em sua canção Dakside Of Aquarius do álbum Accident Of Birth (1997), onde canta: “A lonely silver surfer comes to push the wheel for me”.

Tem mais uma informação sobre esse nobre herói. Quando encontrou o planeta Terra, o Surfista preparou o território para a chegada de Galactus. Porém depois de combatido pelo Quarteto Fantástico, o arauto de Galactus ficou sensibilizado pelos habitantes de nosso planeta. Assim, rebelou-se contra seu líder e, ao lado do Quarteto, impediu a destruição da Terra.

Por essa traição, Galactus construiu uma barreira de energia ao redor da Terra, aprisionando o Surfista Prateado para sempre aqui (depois conseguiu a liberdade com ajuda do Sr. Fantástico, mas aí é outra história).

Recomendamos Para Você

Veja Também

Close
Close