Releases CDs & DVDs

AD ASTRA PER ASPERA – Volume Two (Compilation) [9,0/10]

Hammer Of Damnation - Nac.

Este CD é uma ótima compilação de bandas que fazem parte do cast da gravadora Hammer Of Damnation. Neste trabalho a gravadora apresenta aos fãs do metal extremo de todo o mundo um pouco das bandas que estão sendo apoiadas pela HOD.

Logo quando recebemos o material, a apresentação gráfica nos chamou atenção por sua capa muito bem feita e apesar do encarte ser simples, todas as informações necessárias estão aqui para aqueles que se interessarem em conhecer mais das bandas presentes.

Esta gravadora vem se destacando pelo ótimo trabalho e por estar sempre atuante no cenário brasileiro e do exterior, assim promovendo as bandas de forma muito profissional e honesta.
Ao iniciar nossa audição já nos deparamos com grandes bandas que vamos deixar aqui nossas impressões.

1 – ETERNAL SACRIFICE – The Three Mashu’s Seals, The Conquest Of The Ganzir and Arzir Gates (Hazred Area): O CD inicia com esta banda oriunda de Salvador e que já fincou definitivamente sua bandeira entre os maiores nomes do black metal nacional. A música aqui apresentada faz parte do seu novo trabalho recém lançado pela HOD e que está tendo excelentes criticas ao redor do mundo, afinal estamos falando de uma banda que detém muito conhecimento musical e lírico. Uma faixa digna de estar abrindo essa compilação e mostrando todo seu poder. O Eternal Sacrifice realmente se destaca e abrilhanta de forma honrosa esta compilação. “The Three Mashu’s Seals…” é uma música que nos faz viajar entre seus climas majestosos, apresentando trabalhos de guitarras maravilhosamente bem executadas, teclados soberbos, bateria muito bem encaixada e os vocais do Naberius que é um show a parte, entre seus rasgados e vocais limpos podemos dizer que essa banda tem de fato uma sonoridade única.

2 – EXTERMÍNIO – Alcateia Macabra: A faixa abre com uma introdução no mínimo perturbadora e que logo é seguido por uma música ríspida e crua em uma velocidade absurda que combina com suas partes mais lentas. Dá pra notar que essa banda é influenciada pelos mestres do grande Sarcófago. Sua música é realmente fria, crua, obscura e brutal com vocais que passam a sensação do caos absoluto que se encaixa com perfeição à sua proposta musical. Banda oriunda do Mato Grosso do Sul que está na ativa desde 2004.

3 – EVIL – Uralter Hass: Está faixa é bem crua e essa música foi tirada do K7 “The Fall From Endless Grave”. Uma sonoridade direta, um trabalho simples e perfeita para os amantes do Black Metal subterrâneo.

4 – GOAT PRAYERS – Bringdown The Celestial Lair: Ótima banda que faz um Black Metal muito bem executado. O seu inicio nos remete aos gloriosos e antigos trabalhos do Mayhem. No decorrer da música, vem partes cadenciadas que tornam essa música de fato muito empolgante e em meio a frieza de suas guitarras com riffs cortantes, notamos um clima muito mórbido com seus teclados. E também encontramos aqui belos dedilhados em meio a trovões que logo o caos toma conta de tudo e o torna uma excelente participação nesta compilação.

5 – HAMMERGOAT – The Black Death, The Bubonic Plague: A participação desta banda trás um peso absurdo a está compilação, um som brutal e altamente recomendado para fãs do Blasphemy. Direto e reto em sua mensagem, fazem um som devastador, uma faixa curta porém muito expressiva.

6 – SULPHURIS OBLIVIO – Endvra: Essa música quando inicia ficamos bem surpresos, contrasta com tudo que vinhamos ouvindo até aqui. O trabalho apresentado é um som depressivo e com uma melodia muito soturna. Os amantes do Doom Metal vão gostar muito desta participação. Confesso que achei a música um pouco repetitiva, mas não deixa de ser uma ótima música e é uma banda de fato interessante.

7 – TOTEMTABU – Caixão De Lotus: Essa banda executa um som que se assemelha muito o Dark Metal e nos remete demais ao Bethlehem. Pois flutua entre o brutal e o depressivo, com vocais enlouquecidos e desesperados que dá uma sensação de muita angustia e dor. Realmente recomendo para amantes do Dark Metal feito no passado.

8 – WALSUNG – Ashes To Ashes: Essa faixa foi uma participação primorosa, um pesadíssimo Pagan Black Metal com muita influencia de velho Doom Metal envolto em muita melodia mórbida e um clima muito negro. Essa música é muito bem feita e sua execução é impecável.

9 – OPUS BELICO – Opening The Wargates Of Ares: Essa participação já inicia com guitarras extremamente contantes e depois a banda mistura partes cadenciadas com blastbeats ultra rápidos,. A musica em si não fica só nisso. Tem muitas passagens diferenciadas e dá pra sentir que é uma banda com muito conhecimento musical. A gravação deixou um pouco a desejar, pois com certeza se fosse gravada com um pouco mais de esmero, seria uma das melhores músicas apresentadas aqui. O vocal é muito forte e potente entre seus guturais e rasgados, o ponto fraco é que a voz está muito alta e por isso fica um pouco fora de tudo. Não deixa de ser uma boa participação, espero ouvir mais dessa banda em breve, pois essa música é bem construída apesar da gravação.

10 – RAVENDARK’S MONARCHAL CANTICLE – Holocausto Manicomial: A música inicia com muita melancolia e depois vem uma brutalidade bestial que toma conta de tudo. O ódio com certeza é um dos fatores que faz parte desta composição e o torna revoltoso. Gostei muito desta faixa, me remeteu as várias vertentes do metal extremo em uma só música como Grind, Death Metal, Black Metal com uma pegada dos clássicos dos anos 90.

11 – CARPATUS – From a Dreadful Past: Introspectivo, misantrópico e gélido. Foram essas as sensações ao ouvir esta ótima música. Essa banda consegue unir a rispidez do Black Metal com melodias intensas e obscuras, como uma forte névoa em uma noite fria e muito escura. Essa é uma participação que se destaca aqui, música muito bem feita e bem executada por todos os membros que formam essa grande banda.

12 – DETHRONED CHRIST – Wolves: Trovões e Lobos sedentos por sangue uivando sob a luz da lua que anuncia o caos, de fato é o que essa música nos trás, o caos em um som completamente negro e sanguinário. O CD fecha aqui com uma demonstração do poderio bélico que compõe o Cast da gravadora. Essa banda fecha com honra a compilação, com muita maldade, brutalidade e um som que não foi feito para os fracos. Nota-se aqui a influencia do extremo feito em nosso país nos anos 80 e 90 por bandas como Sexthrash e Sarcofágo.

Considerações finais:
Esta compilação é uma demonstração de que o subterrâneo nacional está mais vivo do que nunca e com grandes bandas.

O próprio material já nos alerta em seu encarte:
BLACK METAL FOR PASSION – NOT FOR FASHION!

Recomendamos Para Você

Close