Entrevistas

DARK FUNERAL

DE MALAS PRONTAS

Na expectativa para desembarcar no Brasil no final do ano (até o momento, estão previstos seis shows), o líder e guitarrista do Dark Funeral, Lord Ahriman, falou sobre sua expectativa para esses shows e sobre o momento atual da banda.

O Dark Funeral virá ao Brasil em dezembro. A última vez que vocês tocaram no Brasil foi em 2006. Quais as expectativas para esse retorno ao nosso país?
Lord Ahriman: 
Certamente, foi um período muito longo desde nossa última visita ao Brasil. Ainda tenho nossas duas idas ao seu país bem frescas na minha mente. E vamos oferecer o que temos de melhor, o Dark Funeral está mais cheio de energia do que nunca. Vamos juntos tornar essa turnê a mais pecaminosa e a mais poderosa de todas as trevas!

Essa turnê se chama “Satanic War Tour – The Return”. Por que resolveram dar esse nome a ela?
Ahriman: 
As primeiras datas que fizemos na Europe em 1997 e 1998 receberam o nome de “Satanic War Tour 1 & 2” e aquela foi uma época muito importante para a banda. Foi lá que conseguimos nos estabelecer como banda e atingir um grande público. Retomar a “Satanic War Tour – The Return” é uma forma de mostrar o tipo de espírito sombrio que os fãs podem esperar dessa nova tour. Além disso, queremos devolver aquilo que os fãs nos deram desde o início do Dark Funeral.

Recentemente, vocês anunciaram que irão participar do maior cruzeiros de bandas de Metal do mundo, o “70.000 Tons”. Quais suas expectativas para tocar num festival com essas características?
Ahriman: 
Estamos verdadeiramente honrados por termos sido convidados para tocar nesse incrível cruzeiro. Tanto eu como os demais integrantes da banda não podemos esperar a hora de chegar no palco e colocar o navio em chamas!

O último álbum da banda, Angelus Exuro Pro Eternos (2009) ainda recebe muitas críticas positivas. De onde veio a inspiração para criar esse repertório?
Ahriman: 
Obrigado por suas palavras! Como sempre, quando escrevo canções procuro trazer meu interior para elas e deixo que isso direcione todo o processo de criação. O que tem que sair, sai! Por isso, devo dizer que Angelus Exuro Pro Eternosé o meu álbum mais pessoal até hoje. Sinto que fui convidado para um longo passeio no inferno e por todas as trevas que tenho no meu interior, como nunca vivi antes.

Vocês já estão trabalhando em um novo disco?
Ahriman: 
Estamos atualmente muito ocupados ensaiando para assumir a forma de assassinos, assim teremos capacidade de pegar a estrada o mais rápido possível para libertar o inferno em cima da humanidade mais uma vez. Estamos ensaiando há alguns meses e sinto que estamos muito entrosados, melhores do que nunca! Assim, lançaremos essa nova turnê e seremos como uma máquina infernal que irá esmagar tudo em seu caminho!

Recentemente, a banda passou por uma grande mudança de line-up. Quais as maiores dificuldades que isso trouxe para a banda? E é difícil encontrar os músicos certos para o Dark Funeral?
Ahriman: 
Bem, em algum momento da vida passamos pelo inesperado, tudo se torna novo e temos que aceitar isso. Eu olho para a frente e procuro superar qualquer situação. Pessoalmente, e como a alma da banda, vou continuar a erguer a bandeira do Black Metal sueco. Enquanto meu espírito negro estiver queimando por dentro, vou continuar essa cruzada com o Dark Funeral, não importa quem fique ou quem saia.

O Dark Funeral já esteve envolvido em várias polêmicas no passado, como pornografia satânica no DVD, o fã que matou um sacerdote no Chile e o motim num show no Peru. O que você tem a dizer sobre esses acontecimentos?
Ahriman: 
É a maldição do Dark Funeral! E não há nada que possamos fazer a respeito, infelizmente. Não sinto mais necessidade de comentar esse incidente no Chile. Simplesmente não consigo ver conexão com nossa música ou com os integrantes da banda. Sobre o incidente no Peru, bem, de certa forma posso entender que algumas pessoas ficaram desapontadas pois E.M. Caligula entrou em cena sem voz, pois estava doente naquela noite. Em circunstâncias normais, cancelaríamos o show, mas, após longas discussões com o promotor, resolvemos entrar em cena e fazer o melhor. Pena que algumas pessoas resolveram destruir tudo, causando um enorme motim. No entanto, a maioria dos fãs que conhecemos no Peru foi totalmente legal conosco.

Para finalizar, por favor, deixe uma mensagem para seus fãs brasileiros.
Ahriman: 
Às hordas brasileiras de demônios que aguardam ansiosamente nosso retorno, posso garantir que estamos duas vezes mais ansiosos para voltar e oferecer a vocês o mais pecaminoso e potente Dark Funeral de sempre! Mal podemos esperar pela nossa turnê brasileira! Vejo vocês em dezembro!

DATAS DA TURNÊ PELO BRASIL:
• 06/12 – Santa Maria/RS
• 07/12 – Recife/PE
• 08/12 – Rio de Janeiro/RJ
• 09/12 – Belo Horizonte/MG
• 10/12 – São Paulo/SP
• 11/12 – Rio Negrinho/SC
• 12/12 – Porto Alegre/RS

Site relacionado: www.darkfuneral.se

 

 

Recomendamos Para Você

Veja Também

Close
Close