Roadie News

Max Cavalera diz que o novo álbum SOULFLY tem muito do Chaos A.D.

O SOULFLY está dando os últimos retoques ao seu novo álbum com lançamento previsto para o meio do ano via Nuclear Blast/Shinigami. O sucessor do Archangel de 2015 está sendo gravado com o produtor Josh Wilbur, que anteriormente trabalhou com Lamb of God, Gojira e All That Remains, entre outros.

Embora Max tenha dito em algumas de suas entrevistas recentes que o próximo álbum do Soulfly seria “um retorno a alguns sons tribais” do material inicial da banda, ele disse a Jack Antonio na sexta-feira (9 de fevereiro) que o álbum “tem algumas coisas assim, mas que o álbum acabou tomando uma rota diferente quando estávamos no estúdio. Algumas coisas acabaram sendo realmente um pouco políticas com o que está acontecendo agora no mundo”, disse ele. “Há até uma canção sobre um assassinato Navajo que aconteceu em uma reserva Navajo – a polícia matou essa jovem e fiquei muito intrigado com toda a história e fizemos uma música dela”.

Quanto à direção musical do novo material Soulfly, Max disse a Jack: “O registro, para mim, tem um pouco de ‘Chaos A.D.’ [Sepultura] – esse tipo de groove, mas também com muitos elementos de Thrash Metal. Eu não sei … É meio difícil de explicar, mas agora tem o som, o que é legal. É um CD contemporâneo. Estou realmente animado.

Cavalera apontou rapidamente que o novo álbum do Soulfly é definitivamente diferente do Archangel e do Psychosis, o aclamado quarto álbum de seu projeto Cavalera Conspiracy, que saiu no outono passado.

“Depois de gravar álbuns por tanto tempo, eu sei o que eu gosto, e eu meio que sinto o que as pessoas querem ouvir, e isso vai de mãos dadas”, explicou. “O meu próprio material favorito e o que as pessoas querem ouvir são quase semelhantes e isso facilita a vida”.

“Eu não tenho pressão – a gravadora não está atrás de mim para escrever músicas pop e merda assim, eu não tenho isso”, continuou ele. “Eu posso ir como o metal como eu quero, posso ir tão pesado quanto eu quero. A única pressão é fazer algo bom, algo que as pessoas vão gostar”.

Max acrescentou que ele estava “um pouco surpreso” com a resposta esmagadoramente positiva para “Psychosis”, considerando que “eu nunca recebo uma boa recepção em meus registros – sempre há pessoas que não gostam do que você faz”, ele disse. “E eu acho que este CD do Soulfly tem o mesmo tipo de qualidade o que é realmente legal. As músicas simplesmente soam bem – são apenas músicas poderosas. E Marc Rizzo [guitarrista] está criando um material com riffs incríveis. Todos os músicos – Zyon [o filho de Max e baterista do Soulfly] fez um ótimo trabalho na bateria”.

De acordo com Max, ele ainda precisa terminar duas músicas para o novo álbum, e Ross Dolan do IMMOLATION, ainda não estabeleceu uma data para estar em estúdio e gravar sua parte como convidado especial.

Recomendamos Para Você

Close