Roadie News

SODOM grava versão exclusiva de música do SACRILEGE para a Rock Hard alemã

A nova formação de veteranos alemães do thrash metal SODOM deu sua primeira entrevista à revista alemã Rock Hard. O artigo está incluído na edição 372 da publicação, que vem com um pôster do clássico Agent Orange, e um CD contendo a versão cover exclusiva do SODOM para a música Lifeline, do SACRILEGE.

O baixista / vocalista do SODOM, Thomas “Angelripper” comenta: “O SACRILEGE é uma banda crust punk que foi negligenciada no passado. Eles apresentam um estilo que é uma combinação de elementos punk e thrash. Eles tinham uma grande vocalista, a Tam [Lynda ‘Tam’ Simpson]. Lifeline representa exatamente o que todos nós amamos: apenas guitarras simples e brutais, sem arranjos complicados. Lifeline consiste em três ou quatro partes, que estão ligadas. No entanto, a música soa como uma única peça. Eu disse aos outros membros que a nossa jornada com o SODOM tem que ir em uma direção similar”.

Um trecho da versão do SODOM para Lifeline pode ser ouvido abaixo.

O ano de 2018 começou com um estrondo para todos os fãs do Sodom: o vocalista / baixista Tom Angelripper encerrou a parceria com o guitarrista Bernd “Bernemann” Kost e o baterista Markus “Makka” Freiwald.

“Depois de muito pensamento e reflexão, tomei essa difícil decisão para abrir o caminho para novos desafios”, explica Tom. “O Sodom sempre viveu com o compromisso e a paixão de todos os envolvidos. Makka fez parte da banda por quase oito anos, Bernemann por mais de vinte. Para evitar um possível clima de rotina – o que tornaria impossível continuar otimizando nosso trabalho criativo – gostaria de começar de novo com músicos novos e sedentos. Ao mesmo tempo, gostaria de agradecer Bernemann e Makka pelos muitos anos de sucesso, em que realizamos shows fantásticos e lançamos uma série de verdadeiros manifestos do Metal”.

A despeito desta mudança quase completa do ‘line-up’, todos os shows programados serão mantidos a partir de abril deste ano, conforme anunciado. Embora esse anúncio deixasse no ar a impressão de que a nova formação não tardaria em ser anunciada, a notícia chegou antes do esperado, e com uma surpresa que deverá agradar em cheio aos velhos fãs: o guitarrista Frank “Blackfire” Gosdzik está de volta ao Sodom, depois de quase duas décadas. Ao seu lado, ele contará com o também guitarrista Yorck Segatz, que apareceu recentemente no mundo do metal através da banda alemã de death metal Beyondition, e do baterista Stephan “Husky” Hüskens, baterista de longa data do Desaster e do Metalucifer, e também responsável desde 2014 pela bateria da lenda holandesa do death metal Asphyx.

O anúncio de que o Sodom poderia atuar como um quarteto não foi uma completa surpresa, já que, pouco antes do anúncio oficial, o líder Tom Angelripper não descartou a ideia: “eu realmente não me decidi sobre essa questão, estou aberto a todas as opções. Agora vou instalar os novos pilares na fundação da banda e procurar novos músicos. Uma coisa já é clara: o Sodom se tornará ainda mais forte!”.

Tom está preparado para apresentar seus novos companheiros de armas no Full Metal Mountain, festival de inverno alemão que une esportes de inverno e heavy metal, e que este ano conta com Kreator, Nazareth, Bonfire, Abbath, e Rage, entre muitos outros no ‘cast’.

Juntamente com o seu novo line-up, Tom quer começar a trabalhar no próximo álbum – que será lançado via Steamhammer / SPV – o mais rápido possível. Segundo Tom, “a SPV também aguarda a nossa colaboração futura e pode esperar uma banda totalmente motivada”.

O guitarrista Frank “Blackfire” Gosdzik se uniu pela primeira vez ao Sodom em 1987, gravou os discos clássicos Persecution Mania (1987) e Agent Orange (1989), e foi peça chave na histórica turnê Sodomania Tour ’88, imortalizada no CD e vídeo Mortal Way of Live (1988), citado até hoje como um dos mais extremos registros ao vivo de que se tem notícia. Frank Blackfire foi também considerado uma das peças-chave na evolução sonora do Sodom, que a partir de sua entrada, deixava para trás muito do seu arsenal black metal para se dedicar definitivamente ao thrash metal. Ele deixou o Sodom em 1989, mesmo ano em que estreava no Kreator com o disco Coma of Souls.

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse https://roadiecrew.com.br/roadie-shop

Recomendamos Para Você

Close