Live Evil

UGLY KID JOE

Via Marquês - São Paulo/SP, 11 de agosto de 2012

Foram dezoito anos desde a última passagem da banda californiana Ugly Kid Joe pelo Brasil, no já extinto festival “Hollywood Rock”, um tempo que poderia parecer irrelevante caso a banda não tivesse ficado treze anos completamente inativa. Tamanho foi o hiato, que o show previsto para a noite de sábado (11) no Via Marquês em São Paulo, era uma possível grande incógnita do que veríamos.

Pontualmente às 22h, a banda subiu ao palco ao som de “VIP”, do álbum de 1995, “Menace to Sobriety”. A formação contou com os mesmos integrantes presentes em 1997 – Klaus Eichstadt e Dave Fortman nas guitarras, Cordell Crockett no baixo e Shannon Larkin nas baquetas, e o vocalista Whitfield Crane, que subiu ao palco calmamente e a passos lentos analisava atenciosamente todo o ambiente da casa. O vocalista ia observando a euforia que ainda causa em seus fãs mais ardorosos, antes de soltar sua voz que, por sinal, se mantém a mesma. Esbanjando simpatia e um carisma excepcional, Crane seguiu cantando “Dialogue”, e conquistou definitivamente o público com um dos grandes hits do passado, “Neighbour”, que fez a galera pular muito.

O set list do show foi centrado nas músicas da década de 90, e apenas três músicas do recente EP, “Stairway to Hell” – “Devils Paradise”, “I’m Alright” e “You Make Me Sick”. Nos entremeios de cada música, Whitfield fez questão de conversar e brincar com o público, chegando até a pegar a câmera fotográfica de uma fã para tirar uma foto da galera, comentando: “Desculpe, mas eu sou mesmo um péssimo fotografo!”

Outros pontos altos do show foram “Cats In The Cradle”, entoada em uníssono, e os covers de “Sweet Leaf” (Black Sabbath) e “Dirty Deeds Done Dirt Cheap” (AC/DC). Na volta para o bis, uma surpresa: Whitfield deixou os vocais de “Mr. Recordman” a encargo do guitarrista Klaus Eichstadt, que cantou fazendo várias caretas engraçadas. O show de mais de uma hora e meia se encerrou em grande estilo, com a tão esperada “Everything About You”.

Em resumo, o tempo afastado dos palcos não fez sombra a empolgação da banda diante do público brasileiro, mostrando o mesmo bom humor e energia de antigamente. Alguns minutos após o encerramento do set, toda a banda veio para a pista do Via Marquês, atendendo gentilmente e com muito bom humor fotos e autógrafos de todos os fãs que por ali ainda se encontravam.

 

Recomendamos Para Você

Veja Também

Close
Close