Roadie News

Vinnie Paul: Confirmada oficialmente a causa da morte do baterista

A causa da morte de Vinnie Paul Abbott foi revelada. O baterista de 54 anos de idade, que tocou com PANTERA e HELLYEAH, morreu de cardiomiopatia dilatada – um coração aumentado – bem como doença arterial coronariana grave, um problema cardíaco. O legista John Fudenberg, do condado de Clark, disse ao TMZ que ele morreu de causas naturais.

Cardiomiopatia dilatada é uma doença do músculo do coração que impede o bombeamento adequado de sangue para o corpo. O ventrículo esquerdo torna-se ampliado (dilatado) e as fibras musculares se esticam ao máximo, tendo dificuldade maior de se encurtar e comprimir o sangue para fora.

O falecimento do baterista foi confirmado em suas páginas pessoais e no Facebook do PANTERA, onde um anúncio idêntico apareceu na noite de sexta-feira, 22 de junho.

Vincent Paul Abbott, o Vinnie Paul faleceu”, dizia o comunicado. “Paul é mais conhecido por seu trabalho como baterista nas bandas PANTERA e HELLYEAH. Nenhum outro detalhe foi revelado até o momento. A família pede que, por favor, respeitem sua privacidade neste momento”.

Vinnie Paul e seu irmão “Dimebag” Darrell Abbott fundaram o PANTERA na década de 1980. Quando o PANTERA se separou em 2003, eles formaram o DAMAGEPLAN. Em 8 de dezembro de 2004, enquanto se apresentava com o DAMAGEPLAN no Alrosa Villa em Columbus, Ohio, Dimebag foi baleado e morto no palco por Nathan Gale. Ele tinha 38 anos.

Desde o assassinato de seu irmão, Vinnie Paul lançou vários itens relacionados ao irmão Dimebag através de sua gravadora Big Vin Records, incluindo DVDs e o livro de bolso He Came to Rock. Vinnie disse mais tarde que os lançamentos relacionados ao Dimebag não foram uma tentativa de lucrar com o fim trágico de seu irmão, mas sim uma maneira de manter o legado de Dimebag vivo.

Durante os anos, Vinnie Paul foi persistente em negar uma possível reunião do PANTERA, que contaria com Zakk Wylde (BLACK LABEL SOCIETY, OZZY OSBOURNE) ocupando o posto de Dimebag. Vinnie declarou à Metal Hammer: “Eu não estou interessado, porque não há Dime, e, para mim, se não há Dime, não há PANTERA, essa é a minha razão. É passado. Eu segui em frente. Eu toco em uma banda chamada HELLYEAH, e eu realmente amo fazer isso. Estou ansioso para seguir em frente; não quero viver no passado”.

Na última década, Vinnie manteve-se ativo em turnês e em estúdio com o HELLYEAH, cujo quinto álbum, Unden!Able, saiu em 2016.

Pouco antes de sua morte, Vinnie gravou as faixas de bateria para o sexto álbum do HELLYEAH, no estúdio The Hideout em Las Vegas.

Edições avulsas, assinatura física e digital.

Conheça a nossa Roadie Crew Shop – acesse https://roadiecrew.com.br/roadie-shop

Recomendamos Para Você

Close